Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Uma paixão na Paixão de Cristo

Não sou injusto nem ingrato. Se me interesso em publicar algo que vi em algum blog ou site, nunca deixo de dar os créditos. Mas a presente amenidade possui vários links, e nenhum deles cita o autor. E como recebi por e-mail, sinto-me desobrigado de me referir a quaisquer dessas fontes. Alguns dão o Ceará como palco dos acontecimentos, outros dizem ter sido na Paraíba e ainda, uma minoria, cita até uma cidadezinha, que não sei ser real ou fictícia.

Aconteceu numa cidadezinha lá nos confins da Paraíba.

O dono do circo, em passagem pela cidade, sabendo quão religiosa era sua comunidade, resolveu encenar a Paixão de Cristo na sexta-feira santa.
O elenco foi escolhido dentre os moradores locais e, no papel principal - o de Jesus Cristo -, colocaram o cara mais 'gato' da cidade.

Os ensaios iam de vento em popa quando, às vésperas do evento, o dono do circo soube que 'Jesus' estava de caso com sua mulher.
Furioso, o corno deu-se conta de que não podia fazer escândalo, pois iria por a perder todo o trabalho e o investimento que fizera pra montar a peça.

Pensou, pensou... Na véspera do espetáculo, comunicou ao elenco que iria participar, fazendo o papel do centurião (!!!)
- Mas como? - reclamaram todos - Você não ensaiou!...
- Não é preciso ensaiar, porque centurião não fala!

Mesmo sem gostar, o elenco teve que aceitar; afinal, o cara era o dono do show.
Chegou o grande dia. A cidade em peso compareceu. No momento mais solene, a platéia chorosa, em profundo silêncio... Jesus carregando a cruz... e o'centurião' começa a dar-lhe chicotadas. De verdade.
- Pô, cara, ta machucando! - reclamou 'Jesus', em voz baixa.
- É pra dar mais realismo à cena - devolveu o 'centurião'.
E tome mais chicotada... lept, lept, o chicote comendo solto no lombo do infeliz.

Até que 'Jesus', que já reclamara bastante, enfureceu-se de vez, largou a cruz no chão, puxou uma peixeira e partiu pra cima do 'centurião':
- Vem, desgraçado! Vem cá que eu vou te ensinar a não bater num indefeso!
O 'centurião' correndo, 'Jesus' com a peixeira correndo atrás, e a platéia em delírio gritando:
- É isso aí! Fura ele, 'Jesus'! Fura que aqui é Paraíba, não é Jerusalém não!!!

1 comments:

8 de abril de 2009 16:58 Carlos Emerson Jr. disse...

Muito boa!!!! Imagino a manchete: Jesus fura centurião depois das chibatadas!!!!

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário