Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Quem será a próxima Eloá?

Juntando as massas

Haroldo Barboza, colaborador

O sociólogo francês Gustave Le Bon, autor do livro Psicologia das Multidões, se tivesse a oportunidade de estudar o inconsciente coletivo do brasileiro, poderia ver confirmadas as regras e as exceções de suas teorias. Para objetivos sérios em prol da coletividade ou do indivíduo é preciso que um líder experiente conduza as ovelhinhas. Para atividades festeiras temos uma motivação expontânea. Essa é a visão do Haroldo. Vejam se concordam com ele.

A presença de milhares de pessoas nos enterros de João Henrique (RJ-2007) e Eloá (SP-2008) revela a total indignação do povo já saturado pela extrema violência.

No entanto, esta indignação é passageira. Dentro de uma semana cairá no esquecimento, e infelizmente perderemos a oportunidade de acender o estopim para efetuar uma pressão constante sobre as autoridades no sentido de efetuar uma reforma adequada neste setor vital de nossa sociedade.

Quem consegue produzir plenamente sob constante risco de vida e envolvido pela angústia de não ter certeza de rever algum familiar à noite?

A Rua Augusta (RJ) reúne entre 30.000 e 50.000 nas festas carnavalescas e das copas do mundo de futebol. Escrevi para o site deles em 2006 sugerindo que convocassem 2.000 pessoas por trimestre (convidando uma autoridade) para equacionar problemas do perímetro (Tijuca). Se criassem este hábito, contaminariam outros bairros no mesmo objetivo.

Recebi a resposta que estudariam a idéia.

Como nada aconteceu até hoje, imagino que já estejam envolvidos com o próximo Carnaval. E quem sabe com a copa de 2014. A de 2010 já deve estar planificada há vários meses. Com ou sem brigas entre torcidas adversárias.

Haroldo Barboza divulga seus trabalhos no Recanto das Letras, no Amante das Letras e também no Lugar_RSI.

2 comments:

22 de outubro de 2008 23:38 Lerdo em Surtar disse...

É por essa razão que em propagandas dos poderes públicos na TV (mais exatamente as dos governos eleitos ou dos candidatos deles), fica sempre marcante aquela frase: "o brasileiro é um povo alegre, festeiro..."!

26 de outubro de 2008 13:06 Lerdo em Surtar disse...

AVISO AOS NAVEGANTES... O Rio de Janeiro é um lugar onde podemos:
- abraçar o Cristo e correr o risco;
- sambar no corredor, paralisando a dor;
- ver a garota de Ipanema, fazendo dela nossa lema;
- protestar no asfalto, logo após o assalto;
- estar vigilantes, enquanto dormem os governantes;
- na praia oferecer despachos aproveitando o Reveillon, para logramos ter um ano novo bom;
- sentir que a música que diz "continua lindo" do Gil, ainda é uma bandeira de luta em todo o Brasil.
.......
.......
Fonte: Atlas do Rio Elétrico (autor: Euthur Nosvozelles - editora: Kendera)

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário