Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

De bons vinhos e de estranhos no ninho

Hoje fui passear na Serra Gaúcha... sentado na minha cadeira, vendo fotos no Google Earth e visitando páginas de vinícolas que produzem vinhos que gostaria de ter na minha loja, a Leiteria da Serra. Mas há um pequeno problema: quem gosta de bons vinhos procura comprá-los na capital, onde há mais opções de escolha porém nem sempre bons preços. Vi numa loja do Rio um vinho igual ao que tenho, Jota Pe, tinto suave, custando quase 40% além do meu preço. Na mesma loja uma garrafa da cachaça mineira de Salinas, a Anísio Santiago, custava R$ 320,00. Vi essa cachaça em Paracambi por R$ 260,00. No distribuidor deve custar míseros R$ 160,00. E, pegando o mote do poeta Nicolau Tolentino, digo que, em havendo algum dinheiro, irei descobrir que bálsamo dos deuses encerra essa beberagem. No post seguinte, como este blog acolhe também os poetas (e muitas das vezes os loucos e os inimputáveis) publicarei um seu soneto.

Na minha loja eu tenho que administrar diversas situações. Entrou um freguês(?) pedindo Galiotto. Não tenho. Já tive, mas como se tornou um vinho banalizado - qualquer mercearia tem, e com um poder de compra bem superior ao meu, podendo vender mais barato - desisti. Sugeri o Jota Pe. Perguntou o preço. R$ 6,65, respondi. E ele: hum! quase o mesmo preço do Galiotto. Como se dissesse: quase o preço de um vinho superior.
O vinho Galiotto é um vinho comum. Sua página não me mostrou nada de excepcional. Já a Vinícola Perini, que produz o vinho Jota Pe, a nível popular, produz também os vinhos varietais - merlot, cabernet sauvignon, tannat, carmenère, barbera, etc. Sem comparação.
Mas eu não sou o rei da cocada preta, vendo também um vinho para o povão. É o Vanisul, de barril, que eu envasava em garrafas pet de dois litros. Mas o governo, defendendo o consumidor, proibiu esse transporte de vinhos em barrís, ou em bombonas. Agora o vinho já vem engarrafado de fábrica. Dois litros, garrafa virgem, com rótulo e tampa lacrada, tudo em defesa do consumidor que, agradecido, está pagando alguns centavos a mais por tamanha bondade do governo.
E eis aí o freguês(?). Sinceramente, quem tem um freguês do tipo não precisa de inimigo.
- E aquele vinho de barril? É para a minha esposa. Mas eu queria provar...
Naquele tempo ainda havia vinho a granel. Havia como dar prova. Ele bebericou, olhou o teto, olhou o chão, observou a umidade relativa do ar e concluiu:
- Não vou levar. Está com um gosto esquisito.
Eu tive uma namorada que usava uma expressão nova para mim: esquési. Ela gostava de sapato esquési, blusa esquési, caderno esquési, etc... Ela tinha 14 anos e eu 19. Eu achava um escândalo essa diferença de idade, quase uma pedofilia. Mas quando eu cheguei aos 26 anos namorei uma menina de 13. Uma abertura excepcional na mentalidade.
Aquela menina, se bebesse o Vanisul, haveria de achá-lo muitíssimo esquési.
O freguês(?) - Deus me livre desse tipo de freguês - continuou:
- Minha senhora não vai gostar desse vinho. Ela tem um gosto muito apurado!
Não é interessante? Uma senhora com um gosto tão apurado e o marido procura um vinho de R$ 7,00 dois litros.
Seguem os versos do Nicolau Tolentino. Aguardem a publicação das vinícolas que visitei hoje. São vinhos modestos. Nada de Romanée Conti. Aliás, sobre este vinho de dois mil reais que o marqueteiro Duda Mendonça deu ao Lula, que grande sacanagem dele. Lula deve ter achado esse vinho uma merda. O Lula tem um gosto muito apurado.

12 comments:

9 de agosto de 2007 20:54 Anônimo disse...

Por favor divulgue o endereço de sua loja.
Gostaria muito de visitá-lo pessoalmente.

1 de outubro de 2009 15:45 disciplinaria disse...

provei um vinho da vinícula vanisul e adorei. alguém sabe o telefone do representante deles? ou da própria vinícula?
obrigada

7 de junho de 2010 16:25 Anônimo disse...

moro em uberladia e gostaria de saber onde compro este vinh0 vanisul suave pois esperimentei na casa de amigos e simplismente adorei

8 de novembro de 2010 18:32 Anônimo disse...

Galera achei um representante dos excelentes vinhos vanisul, só ligar nesse número: 0xx12-88259479

Abraços

13 de dezembro de 2010 11:18 Mario Cesar Martino disse...

Sou de Garça(SP) e gostaria de saber o email da vinicola ou do representante dos vinhos VANISUL mais perto daqui.

16 de janeiro de 2011 23:44 Anônimo disse...

Galera, sou do Rio de Janeiro/RJ e experimentei o vinho Vanisul em uma Feira da Providência aqui na minha cidade e achei um excelente vinho tinto suave, muito bom mesmo.
Estou à procura desta bebida, está difícil encontrá-la aqui no RJ.

Bruno A. Borges

12 de fevereiro de 2011 11:09 ALEX DOS SANTOS GALDINO disse...

ola pessoal
parabens!!!!! q qualidade muito bom mesmo pena q e dificil de encontra aqui na nossa cidade
sou de ubA MINAS GERAIS

15 de março de 2011 12:11 Martins disse...

Sou de brasilia-Df e vendo vinhos Vanisul, qualquer duvida email para ttins@bol.com.br
Martins

24 de abril de 2011 23:42 Anônimo disse...

Olá a todos! para os interessados, o fone da Vinhos Vanisul é (54) 3297-3305 e está situado em Flores da Cunha RS
Abraços
Isaury

13 de fevereiro de 2012 19:38 Anônimo disse...

ola boa noite sou de avare sp queria comprar vinhos vanisul

25 de novembro de 2013 20:56 Anônimo disse...

Seu mané coloque o endereço, como vc vai vender se não tem nem telefone?

30 de janeiro de 2015 05:15 Edson Aquino disse...

email da vínicula Vanisul: vanisul@terra.com.br

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário