Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Campus Party

Vejam que coisa maravilhosa e inusitada foi publicada no GigaBlog do UOL. A redação é de Charles Nisz.

"Vendi o corpo para vir à Campus Party"

Não é nada disso que você está pensando: a moça da foto não se prostituiu para vir à Campus Party em São Paulo. Ela vendeu anúncios e pregou a publicidade na roupa e circula assim desde a segunda-feira aqui pela Bienal.
"Tudo começou por que um amigo blogueiro disse que pagaria R$ 100,00 se eu estampasse o nome do blog dele no corpo." A idéia vingou e foi amplamente divulgada pela blogosfera. "Até sexta-feira passada tinha gente querendo anunciar", contou a blogueira.
Conversando com ela, tentei estimar o quanto ela arrecadou: ela é brasileira, mas veio do Uruguai para São Paulo e pagou inscrição para a CP e somei as despesas do dia-a-dia. Conta feita, chegamos na casa dos R$ 1.000,00. "Deu para pagar as despesas e ainda vai sobrar uns trocadinhos", confessa a gaúcha.
Obviamente, não podia faltar a perguntinha básica: "Foi bom para você vender o corpo?" Ela não segurou a risada e admitiu: "Adorei fazer isso, a experiência foi ótima. Vou fazer de novo". Tá aí outra modalidade inuagurada pela CP Brasil: compre o corpo de uma blogueira.

Essa eu perdi, mas no próximo ano prometo "estudar" um patrocínio forte para uma blogueira com "outdoor" exótico.

3 comments:

16 de fevereiro de 2008 19:44 pedrinha disse...

Nesse caso foi mesmo... Outdoor paga mais né? :P

16 de fevereiro de 2008 21:10 Ricardo Rayol disse...

cara, me deu uma idéia genial. Vou vender meu corpictho ahahahahaha

18 de fevereiro de 2008 17:10 Belcrivelli disse...

Fazem de tudo no mundo da publicidade e propaganda. E que vença o mais criativo!

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário