Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Blogagem coletiva - como estou escrevendo?

Campanha pelo português correto em blogs
Hoje tenho o compromisso de fazer três posts. O primeiro já cumpri, vamos ao segundo que, embora pareça fácil, vai me obrigar a algumas pesquisas.

Quando eu leio os blogs de alguns amigos e me deparo com algumas distrações eu fico um tantinho balançado. Eu gosto tanto dos meus amigos, por que eles cometem esses pecados? Eu compreendo que não se trata de nenhum pecado mortal, mas as pessoas podiam ser mais cuidadosas ou correr atrás. Eu, que tanto falo desses detalhes, fico arrasado quando deixo passar um erro. Mas eu consulto meus pais dos burros e fica o dito pelo não dito.

Eu sei que meu blog é pouco lido, do contrário estariam eliminados alguns deslizes de quem escreve. Deslize é com "s" ou com "z"? Por que esse idioma que eu amo tanto me maltrata dessa maneira? Algumas vezes tenho focalizado essas questões aqui no blog e vou enfatizar o que tenho dito - há três anos (já passou), daqui a três anos (é futuro).
Deu pra entender ou entenderam sem dar?

Outra questão, - a crase. A crase, entendam, é a contração da preposição a com o artigo feminino a. A propósito - propósito é substantivo masculino, não existe o artigo feminino a, não há crase. Em dúvida substituam o substantivo feminino por um masculino. Se pedir o artigo então haverá crase.
Resta saber qual é a regência do verbo. Reduza a velocidade - reduza não pede preposição, então esse a é apenas um artigo, não há crase.

Outro cavalo de batalha é o emprêgo da conjunção subordinativa condicional se mais o advérbio de negação não - se não, confrontado com o uso da Conjunção adversativa e preposição senão.
Fiquem espertos. Qualquer pesquisa no Google senão/se não vai tirar todas as dúvidas.
Não quero aqui enquadrar o emprêgo do miguxês, muito encontrado no Orkut e até em alguns blogs sob a forma EU TE ADD, VOCÊ ME ADD. Mas para esses não há solução, o fogo do inferno já os aguarda.

Vamos ao terceiro post. Vai ser chumbo do grosso.

9 comments:

31 de agosto de 2008 16:22 Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Adoramos a campanha.
Você precisa de um cabo eleitoral?

31 de agosto de 2008 20:03 vandehugo disse...

Confeço, foi eu.
Tenho um pobrema com as letra, elas se inbaralhu na minha frente.
Num sei quem teve à idéia de inventá tanto risquin emcima e em baixo das letra.

31 de agosto de 2008 20:19 Ricardo Rayol disse...

Morte horrenda ao miguxês.

1 de setembro de 2008 13:43 Helio Jenné disse...

Olá Lailo, muito bom esse questionamento. A internet está recheada de "miguxês" e assim não dá! Como faço para participar da campanha? Abração.

1 de setembro de 2008 16:59 mara* disse...

Creio que já participo desta campanha, desde sempre, isto é, desde que me aventurei pela segunda vez como blogueira, com um banner feito por mim. Tenho os meus pecados, e são muitos, mas nunca deixei de consultar o meu já surrado pai dos burros. Detesto o internetês!

1 de setembro de 2008 18:07 Luiz Lailo disse...

Helio Jenné,
Na verdade há um banner no alto do blog, o qual já estou retirando, com data de 31 de agosto. Mas esta é uma campanha que não acaba nunca, começa em nossos blogs. É claro que enganos existem já que a mente é mais rápida que o teclado e há inversão de letras e até a supressão de palavras. O que mais me causa espanto é o "aconteceu a muito tempo" ao invés de " muito tempo".

Alguém poderia criar um meme cultural e repassá-lo para os blogs de grande frequência. Poderíamos livrar a blogosfera dessas barbaridades.

Nem perco tempo em me referir ao miguxês ou internetês. Quem escreve que "axa", realmente deve estar se "axando".

1 de setembro de 2008 18:34 Olívia Carromeu disse...

É triste ver que assassinam o nosso português. Eu quero aderir essa campanha!

1 de setembro de 2008 20:24 Luiz Lailo disse...

Olivia Carromeu, de As Idiossincrasias do Cotidiano,
Já vi, ali nos Blogs Atualizados, que você está com post novo. Irei lá, eu sempre vou, minha querida. Às vezes não falo.

Essa campanha, na verdade, se resumiu a uma blogagem coletiva mas poderia ser uma coisa mais objetiva com selos referentes aos deslizes que nós cometemos. Não precisa ter link para ninguém. Nós ainda vamos conversar sobre o assunto. E naturalmente que aceito a oferta da amiga Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos, que foi a primeira comentarista deste post.

1 de setembro de 2008 21:17 Belcrivelli disse...

Que pena! Demorei demais para passar na blogosfera e perdi a oportunidade de participar... Adoraria ter feito parte da Campanha, pois sou contra aqueles que escrevem e obrigam os outros a advinhar o que queria ser dito. Aliás, gostaria de aproveitar a oportunidade e registrar dois elogios: ao seu esforço em escrever corretamente e aos seus tópicos, sempre muito bons! Parabéns!

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário