Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

O lobo mau não é tão mau assim

Os três porquinhos que se cuidem. Desde que inventaram esse negócio de presunção da inocência só após o julgamento é que se pode atirar no lobo mau.
Eu tenho a pachorra de assistir, no computador, a essas sessões do STF onde eles decidem questões da mais alta relevância. Mas, creiam, o que me fascina não é a competência dos doutos juizes mas tão somente sua proverbial verborragia. Senão vejamos: "A presunção da inocência constitui resultado de longo processo político e jurídico", argumentou em seu voto o relator do caso, ministro Celso de Mello. "Ninguém pode ser tratado pelo poder público como se culpado fosse antes do trânsito em julgado. Todos são inocentes até que provem o contrário."
Resumo da ópera: o Supremo rejeita barrar candidaturas de políticos com "ficha suja". Ninguém segura o lobo mau. Os três porquinhos que se cuidem.

3 comments:

7 de agosto de 2008 17:05 Lerdo em Surtar disse...

S_ábios/T_ogados/F_alantes.
......
......
Ó, STF, antilacunoso espírito das leis!
E agora: quem poderá nos defender?

7 de agosto de 2008 20:33 Tânia Marchezin disse...

Depois vem a famosa imunidade e ai...
ninguém mais é culpado!!!
"Que país é esse...?"

8 de agosto de 2008 14:05 Moura disse...

Olhando por um lado, pra alguns até que é bom, imagine quantas pizzarias não existem em Brasilia.
Mas o grande problema é que quem paga o pato, quero dizer os três porquinhos somos nós os ricos "a estatística diz que quem ganha entre R$ 1.064,00 e R$ 4K" são ricos, logo sou feliz porque estou dentro desta faixa.
Saúde e sucesso!
Abraço,
Moura
http://meioambiente.blogomoura.com

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário