Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Em busca do bronze, afinal, somos o Bronzil

E nós perdemos para os argh... gentinos. Lamentei muitíssimo, torci demais. Eu torço com o corpo todo, se a bola passar perto de mim, boto pra dentro. Coitado do gato, do cachorro, do pé da mesa ou do que quer que passe diante de mim na hora do gol. Já cheguei a chutar até a janela, só não chutei o teto.

Mas eu continuo a torcer pelo Dunga, apesar da derrota - como não botar o Alexandre Pato e o Thiago Neves para jogar de saída?

A última vez que torci pela seleção do Brasil foi em 1970. Depois disso só torço contra. A seleção servia como propaganda para a dita-dura. Apesar de muitos avanços que os milicos proporcionaram, ninguém é de ferro, muita corrupção correu durante os anos de chumbo. Muito político corrupto se criou sob as asas da repressão; um deles, de quem Brizola dizia ser um filhote da ditadura, é hoje candidato a prefeito de São Paulo.

Na Copa da Alemanha eu lavei a alma e o Lula não pôde armar seu palanque eleitoral em Berlim. Não há ninguém mais patriota do que eu mas, creiam, futebol é apenas uma higiene mental. A pátria de chuteiras, criada pelo dramaturgo e cronista esportivo Nelson Rodrigues, era apenas uma refinada bobagem.

Lula não desistiu, ainda conta com Dunga para armar um mega-palanque, talvez para a mãe Dilma. Eu também conto com o Dunga... para levar a vaca pro brejo e trazer os brasileiros para a cruel realidade.

6 comments:

19 de agosto de 2008 14:03 Carlos Emerson Jr. disse...

Eu não sei de onde tiraram esse lenda urbana que o Dunga era um craque, líder nato e outras besteiras. Não passava de um volante gaúcho, botinudo como só ele, sem a menor criatividade.
Tudo bem. Para a posição ele servia.
Agora inventar que o cara é treinador aí é demais.
Só falta o Lula chamar o Dunga para ser o novo ministro dos Esportes...
Um abraço.

19 de agosto de 2008 18:15 Ricardo Rayol disse...

amém meu amigo

mas nem precisa torcer, com o futebol que tem apresentado se forem para a copa (e haja se) vão tomar um couro que será um milagre irem para as quartas de final.

19 de agosto de 2008 19:10 Adao Braga disse...

Pensei em escrever sobre o tema, mas, decidi, apenas farei um link para o seu. Me poupará tempo e energias

19 de agosto de 2008 21:58 Magui disse...

Engano seu, a Seleção de 70 nunca serviu de propaganda para a ditadura.Foi a melhor seleção de todos os tempos, formada por jogadores ímpares e ser recebida pelo presidente após vitória explendorosa é a coisa mais natural.Naquele tempo só ligava para ditadura quem deu causa a ela e hoje aidna pegam o nosso dinheiro.Cuidado para não decorar catecismo alheio.

20 de agosto de 2008 05:46 Luiz Lailo disse...

Maqui, se é engano meu vamos reler a Publicidade do regime militar de 1964, sendo que eu não precisei ler isso - vivenciei cada passagem.

20 de agosto de 2008 10:37 Eu e Ela disse...

Não é só no futebol, os atletas em geral estão todos uns chorões, falta garra, ma acho que esse é o retrato do povo brasileiro.

Belo post

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário