Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Millôr

Tenho uma pequena diferença ideológica com o Millôr Fernandes, coisa que ele não sabe e nem me interessaria disparar essa polêmica. Simplesmente acompanho o que ele escreve e gosto muito. Mas há uma figurinha por aí, intelectual, cuja cartilha não me agrada e coloquei suas obras no limbo, ele junto. Pior é um outro, muito paparicado, que nunca li e não gostei. Quem adivinhar quais são as duas figuras que deixei no anonimato ganha uma mariola e uma bala Juquinha.

Vejam o que encontrei hoje no saite do Millôr, que é como ele denomina seu espaço, no UOL:

Preservar a Amazônia é mole. Queremos ver é reflorestar a cabeça do Mangabeira Unger
Todas as butiques, armarinhos, mercados e farmácias aceitam cheques pré-datados. O país é realmente o país do futuro
Cuidado Lula, vem aí o Chávez, paz e amor

Brasília – Corruptio et Circence
Todos os amigos de aquele Senador dizem que ele é um homem que se fez sozinho. Ninguém quer assumir a responsabilidade

Para quase concluir, uma charge onde o personagem falante contraria todas as expectativas do politicamente correto:


Millôr Fernandes é irmão do grande jornalista Hélio Fernandes, a quem também admiro. Muitos o tem como grande patriota e seriam capazes de guindá-lo a um alto cargo eletivo. Quando posso compro um exemplar da Tribuna da Imprensa, se não, leio pela internet. Mas Hélio é um jornalista; como Samuel Wainer, fundador do jornal Última Hora, também tem sua "Razão de Viver". Minha Razão de Viver é um livro auto-biográfico de Samuel Wainer. Wainer era coladíssimo com o presidente Getúlio Vargas. Mas você nunca tem certeza de com quem Hélio Fernandes está em estado de graça. Por isso eu o observo do alto do Monte das Oliveiras.

6 comments:

19 de janeiro de 2008 18:20 Ricardo Rayol disse...

não entendi patavinas

20 de janeiro de 2008 08:03 Luiz Lailo disse...

Não entendeu, então deixa de ganhar a mariola e a bala Juquinha.

20 de janeiro de 2008 09:37 requeri disse...

está definitivamente sacramentado: vc é meu literato em potencial preferido e assumido ... onde foi que eu te achei???
dispenso a bala juquinha ...
beso que te doy un queso ...

20 de janeiro de 2008 13:00 Mara* disse...

henfil, angeli, laerte, ziraldo?...sei lá viu!!!!!!!!

20 de janeiro de 2008 16:19 Luiz Lailo disse...

Requeri, você não se lembra? Eu que te achei, no Blogblogs. Te convidei pra dançar e você, ingênua, aceitou. Agora não tem mais volta.

20 de janeiro de 2008 16:23 Luiz Lailo disse...

Mara, o Henfil, o Laerte, o Ziraldo, sei lá, viu?
Mas o Angeli é muito bom mesmo!
Aliás, o que você quer dizer exatamente com sei lá, viu!!!!! ??

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário