Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Coisas bizarras

Atropelado voa 36 metros, quebra quatro ossos e um recorde

O PLANETA BIZARRO do Portal G1

Bombeiro voluntário socorria acidente na estrada quando foi atingido por carro a 110 km/h. Nunca ninguém foi arremessado a uma distância tão grande e sobreviveu para contar.
A edição de 2008 do Guinness, o livro dos recordes, incluirá o "feito" de Matthew McKnight: o de ter sido jogado a maior distância em um acidente automobilístico e ter sobrevivido para contar.
O recordista Matthew tem 29 anos e é de Connellsville, Pensilvânia (Estados Unidos). Ele foi arremessado a 36 metros de distância ao ser atingido por um carro a 110 km/h. O acidente ocorreu em 26 de outubro de 2001, quando ele tentava socorrer vítimas de outro acidente na rodovia Interstate 376 em Monroeville, perto de Pittsburgh.
Ele teve fraturas no ombro, na pélvis, em uma perna e em uma costela. Passou duas semanas no hospital e 80 dias na reabilitação antes de poder voltar ao trabalho, em abril de 2002.
Recordes existem para serem batidos. Quem se habilita?

2 comments:

20 de dezembro de 2007 19:30 Lerdo em Surtar disse...

Cara...!

Vai entrar para o Livro e para o imaginário popular.

Casos como esse, e como o da Doris que caiu daquela altura estúpida do prédio onde reside...!

Pode-se dizer que desse tipo de "recorde" não há quem não se recorde.

20 de dezembro de 2007 20:11 Ricardo Rayol disse...

com certeza eu não vou disputar esse

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário