Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Afinal, morreu ou não morreu?

Uma ilustração, em determinadas situações, confirma a máxima: "uma imagem vale mil palavras". E dá ao leitor, embora já sugira, a oportunidade de fazer mil conjecturas.

O título abaixo foi colocado decerto pelo Josias de Souza, as charges do Thiago Recchia dispensam esse complemento.


Observem a cara de pau do jardineiro.

"Pelo dedo se conhece o gigante". Pelo traço se conhece o desenhista. O chargista é como o fotógrafo que, em um momento mágico, captura a imagem que não espera pelos desprovidos de talento. O chargista analisa um ângulo que ninguém percebeu e coloca isso no papel. Revejam as notícias sobre a exploração do biodiesel relacionada com a escassez de alimentos no mundo e me digam se a ilustração abaixo não é genial.

9 comments:

20 de maio de 2008 13:56 New disse...

Oiêee!
ande logo com essa 'lorice'... estou curiosa...rsrsrs...
bjs.

20 de maio de 2008 17:23 Lerdo em Surtar disse...

O Luiz Lailo "desenhou" bem o perfil admirável de um chargista.
Cada cena que um artista desses consegue idealizar é sempre uma revelação do flagrante por detrás de uma hipótese "antes não percebida".

20 de maio de 2008 22:45 Anônimo disse...

oi

20 de maio de 2008 22:52 sandra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
21 de maio de 2008 15:04 Jaqueline Amorim disse...

Oi, adoro charges ainda mais tão bem elaboradas como estas. Ninguém merece a tal da CPMF de volta hem?!

23 de maio de 2008 02:23 Rafa Cão disse...

A CPMF está como um cheque sem fundo, vai e volta!

Ai cara, aceita uma troca de links?
Seu blog é ótimo, pretendo voltar mais vezes. TE conheci através de um link do blogblogs;

Abraços

http://vourasgardinheiro.blogspot.com/

24 de maio de 2008 15:31 Lerdo em Surtar disse...

Borrocando!!!
Comentei lá nesse blog!
.....
O Luiz só não desenha charges se não quiser!
.....
Publique-se! Intimem-se! Blogueiem por lá!
.....
Fonte: "Agência Rói-te" (de curiosidade para ir ver)

25 de maio de 2008 09:04 Luiz Lailo disse...

Eu acho muito difícil criar um estilo, um traço. Feitas 10 charges por 10 diferentes artistas, o traço permite identificar, sem a assinatura, quem fez o quê. Eu poderei ter o traço, mas terei a percepção do fato, o insight do assunto para ilustrá-lo corretamente? Não é todo dia que aparece um Millôr Fernandes.

25 de maio de 2008 11:35 Belcrivelli disse...

Excelentes charges!
Atuais, irônicas, retratando com um humor mordaz os problemas sociais!
Parabéns pela seleção, pois ainda não tinha tido o prazer de vê-las!

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário