Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

Rabo de leão ou cabeça de macaco?

O deputado pedetista Paulinho da Força, de São Paulo, disse que é inocente das acusações que lhe fazem sobre um suposto esquema de desvio de verbas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). E diz que vai apresentar provas de que nada tem a ver com o caso.
Eu quero entender isso. Como são provas que inocentam, que dizem que o envolvido não estava no local do crime?
Quando se vai ao confessionário é sempre para pedir perdão pelos pecados cometidos. O padre nunca se interessa pelo que você não fez. E o Paulinho vai confessar que não fez. Não existem provas do que não se fez.
O ministro Lupi, presidente licenciado (???) do PDT, disse que acredita na inocência do "companheiro" Paulinho mas não bota a mão no fogo por ninguém (nem por si mesmo, eu acho). E, a meu ver, cometeu um ato falho. Disse saber como o fogo queima, tem experiência disso.

Depois que passaram a fazer parte da base aliada ao governo Lula os diabinhos do PDT ficaram assanhadíssimos, já não temem se queimar no fogo do inferno. O companheiro maior tem uma compreensão acima do razoável e sempre os acolherá e dirá que são... ilibados.

Já não existe o Brizola para botar ordem na zona e ensinar que é melhor ser cabeça de qualquer animal do que ser rabo de leão.

2 comments:

3 de maio de 2008 12:44 Adao Braga disse...

Quem diria que sentiriam falta do Brizola!

Mas, esta frase final, ficou muito boa!

3 de maio de 2008 15:25 SB Nula disse...

Eu vim te avisar:

- Se prepare para o exterminio que tá chegando em menos de dois anos... se prepare! Quer saber como? clique no link e descubra:

Dois anos para o exterminio Mundial

Avise seus amigos, e proteja sua familia

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário