Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

A propaganda é a alma do negócio

Spam é uma coisa terrível.

Hoje recebi o seguinte, da Dionne Bullock, com o seguinte assunto: Give your woman something to work with ya

Lenghten your Johnny by up to 3+ cm !!
You have our promise that you will have full satisfaction, or we will return your money back!!


Por Zeus, eles estão errando o alvo por muito. Se eles soubessem que estou querendo diminuir... Estou recebendo muitas queixas das usuárias.

E antes de me criticarem, leiam bem o título do post.

8 comments:

15 de outubro de 2007 20:15 looking4good disse...

Pois é... estas propagandas através de email (spam) não fazem os filtros devidos e oferecem produtos a alvos errados ... Uma boa semana desde Porto, Portugal

15 de outubro de 2007 21:02 Luiz Lailo disse...

Meu caro looking4good,

Spam não tem alvo, é merda no ventilador. Meus emails no UOL, no Yahoo e no Gmail barram bem os spams. Mas, sabe como é, algum amigo meu pode, por êrro de avaliação do anti-spam, estar indo para o lixo. Então sempre dou uma conferida. Recebo muitos iguais aos de hoje, só que, desta vez, resolvi tirar um proveito. Me rendeu um post.

Estava eu a "ouvire" a Mísia interpretando a Garras dos Sentidos. Pena que foi só o cheirinho.

Adoro o sotaque português. Que interessante - vocês nos deram o idioma e vocês é que têm "sutaque"...

16 de outubro de 2007 08:35 Mara* disse...

Vim conhecer Dmitri Hvorostovsky. Percebi a diferença entre um vídeo e outro, é gritante, mesmo para aqueles que são uma nulidade em questões de técnicas vocais como eu, creio que seja uma gravação mal feita mesmo. Gostaria muito de ouvir ‘Pagliacci’ com ele. Será que existe? Não conhecia Carmem Monarcha, realmente um monumento, tanto calada quanto cantando. Sou uma ignorante, do canto lírico conheço apenas as mais populares, ‘Pagliacci’ e ‘Madame Butterfly’, minhas prediletas, me fazem chorar de soluçar. Adoro ouvir a soprano Anna Moffo, que também foi uma monumento, cantando ‘Bachianas Brasileiras nº 5’. Para cada música, Leonard Cohen tem uma explicação, tem uma história. Ele apenas acariciou o corpo perfeito de Suzanne com a mente? Difícil de acreditar, mas pode ser. Obrigada por me incluir entre os blogs parceiros. Beijão.

16 de outubro de 2007 08:49 Jorge Sobesta disse...

Pé de Mesa, digo, Luiz,

Não consigo imaginar por que míseros 3cm fariam tanta diferença, hehe.


Grande abraço.

16 de outubro de 2007 11:10 Luiz Lailo disse...

Meu amigo Sobesta, não me leve tão a sério. Me mandaram alguns limões; apenas fiz uma limonada.

16 de outubro de 2007 11:53 Luiz Lailo disse...

Querida Mara,
Há um vídeo da Carmen Monarcha, a meu ver, melhor que o que publiquei; só que desabilitaram o embedding. Veja aqui.
A ária tradicional para barítono de I Pagliacci é o Prólogo. Veja aqui com o admirável americano Robert Merrill, que já andou no meu blog. Porém a ária mais famoso de I Pagliacci é a Vesti la giubba, para tenor. Você pode ouvir com Giuseppe di Stefano. Não é um artista do primeiro time mas, quem diria? foi o ídolo de Pavarotti.

16 de outubro de 2007 16:41 Ricardo Rayol disse...

pois é, sei bem o que você está passando.

16 de outubro de 2007 17:01 Luiz Lailo disse...

Ricardo Rayol,

Sobre o spam ou sobre o Johnny?

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário