Lugar_RSI

AvatarLugar do Real, do Simbólico e do Imaginário
Aqui não se fala dos conceitos de Lacan e a palavra lugar deve ser pensada em sua definição matemática

A pátria de chuteiras

Na Copa de 70 cada gol da seleção brasileira parecia gol do meu time. Eu vibrava desesperadamente. Depois entendi que a política comandava o futebol. O general da vez era Emílio Garrastazu Médici, o "garrafa azul", criador do "Brasil, ame-o ou deixe-o". Fugir passou a ser a única alternativa para muitos militantes de esquerda. Eu não era militante mas simpatizava com a esquerda. Alguns de meus amigos foram dar um tempo na Bolívia, outros acharam melhor abandonar a Faculdade de Direito, outros voltaram para o interior do país, para a roça. Eu me contentei em deixar de torcer para a seleção nacional, uma das vitrines da Redentora, e eu torço contra até hoje.

Um amigo me disse: não adianta torcer contra, eles são muito bons. E é verdade; o Brasil tropeça às vezes frente a times furrecas mas se agiganta contra as feras. Vejam com que facilidade ganhou a Copa América deste ano na Venezuela. Não houve Argentina que desse jeito. Mas na Alemanha... na Alemanha nas quartas-de-final contra a França houve o gol de Thierry Henry, que por sinal, é vascaíno, e o Lula foi impedido de participar do Samba em Berlim (filme de 1943) nem assistiu a Berlim na Batucada (filme de 1944). Na verdade nem teve tempo de armar seu palanque alemão para as últimas eleições.

Em 1982 me diverti muito. Assistia ao jogo em casa e ao lado crianças brincavam no corredor, servidão da vila vizinha. A cada gol do Paolo Rossi eu explodia com gritos de "goool". E as inocentes criancinhas, ao me ouvir, achavam que era gol do Brasil e também gritavam desesperadas. Peço desculpas pelas crianças. Até hoje não devem ter entendido o que estava acontecendo.

Desde ontem está aberta a Temporada de Caça às glórias fátuas; após 64 anos o Brasil será novamente sede de uma Copa do Mundo.
Eis o trecho de um editorial do Estadão:
Há uma medida nas coisas, existem certos limites - especialmente para os que governam, diríamos. Eis por que chega a beirar o ridículo - para dizer o menos - a revoada governamental brasileira, de 1 presidente da República, 12 governadores de Estado e 2 ministros, transportando-se todos para a Suíça, no momento em que a Fifa oficializa o Brasil como sede da Copa de 2014. Certamente, nunca antes na história da Fifa houve algo parecido.

Pelé e Zico não fizeram parte da comitiva porque não são da patota da CBF. Romário, tudo bem, mas alguém sabe me dizer o que estaria fazendo lá o "mago" Paulo Coelho? Foi tirar algum parente seu da cartola?

Alguns governadores foram a Zurique para definir suas candidaturas à Presidência em 2010; outros, para fortalecer suas posições ou conquistar novas. E o Lula, que foi fazer lá? Um discurso chinfrim? Foi cantar suas glórias nunca antes neste país (esse monocórdio cansa), ou foi simplesmente mirar seu alvo em 2010 ou 2014?

Quem inventou esse negócio de pátria de chuteiras foi Nelson Rodrigues. Ele tinha também, entre várias, uma tirada célebre: "Toda unanimidade é burra". Ele mesmo não era dono de uma unanimidade. Nem eu. Mas enquanto a política quiser se prevalecer da paixão popular pelo maravilhoso futebol do Brasil para tirar proveito eleitoral, eu lhes digo: ESTOU FORA, FORA DE CORPO E ALMA!

5 comments:

31 de outubro de 2007 17:14 Mara* disse...

Quantas recordações! Também torço contra, 1970 foi a última vez que torci pelo Brasil. Neste ano meu primeiro filho nasceu, eu tinha 17 anos, só se respirava futebol, só se falava na seleção canarinho, e eu, entre uma contração e outra, decidi que o meu filho se chamaria Carlos Alberto. Ficou Carlos, apenas Carlos, nome de rei. Época em que éramos torpeteados por frases de efeito e embalados musicalmente (?) por Don e Ravel. Eu te amo, meu Brasil, eu te amo! Meu coração é verde, amarelo, branco, azul anil...Brasil: ame-o ou deixe-o. Deixei de lado o Brasil das chuteiras, com a pataquada do ‘Fenômeno’ passei a torcer contra. Não me surpreendeu ver Paulo Coelho na comitiva, nada mais me surpreende num país onde Marília Gabriela pensa que é atriz, Hebe pensa que é gostosa, Vera Loyola pensa que pensa, e o tal dos ‘Marimbondos de fogo’ e o próprio mago-alquimista ocuparem uma das cadeiras da ABL.

Respondendo ao seu comentário: Cross-dresser é o termo usado para descrever esse povo que se veste com roupas do sexo oposto, e podem ter orientação hétero, homo ou bi. Ainda esta semana vou postar sobre o tema. Existem muitos famosos cross-dressers, entre eles, George Sand, que era bissexual e que conheci quando, contra a vontade, estudava piano. Impossível falar de Chopin sem conhecer George, na época não entendi o porque dela andar com roupas masculinas, fascinada quis saber, e a explicação foi ingênua para uma menina ingênua, em tempos nada ingênuos: ela era pobre e órfã, e usava as roupas dos irmãos quando estas já não lhes serviam mais, e assim se acostumou com a indumentária masculina. Tão romântico!

Beijo.

31 de outubro de 2007 21:33 Daniele disse...

Oi! tudo bem?
Muito legal esse texto!
Infelizmente os governantes só fazem algo de bom para a população, pensando no retorno e no seu próprio benefício! Isto é lastimável!
Eu torço muito, não só pela seleção brasileira em si, mas pelo próprio país, que é excelente, porém com precária administração!
Uma excelente semana!
Bjs!

31 de outubro de 2007 21:33 Ricardo Rayol disse...

O Lula só foi lá para pedir que o Brasilllll jogue a euro-copa, bizarro.

E não é de todo mal, imagina assistir uma partida onde a argh-entina é eliminada? não tem preço.

1 de novembro de 2007 13:31 Rodrigo Vidal Batista Celestino disse...

Olá,,,

E tudo apenas interesse. Nada de pátria, amor ao esporte...essas coisas....

Se os brasileiros tivessem amor pelo país igual tem ao futebol acredito as coisas seriam diferentes por aqui....

um abraço!

1 de novembro de 2007 18:04 Cris disse...

OBRIGADA.....

PODE DEIXAR QUE JÁ ALTEREI.... ABÇS

ESTE AI EMBAIXO É MEU OUTRO BLOG

http://hackeandoavida.blogspot.com/

Postar um comentário

Qualquer mensagem não relacionada à postagem deverá ser colocada no Quadro de Recados e, de preferência, não contendo SPAM.
Anônimo, faça a gentileza de deixar seu nome ao final do comentário